CORPO INTERFACE, de 2 a 7 de julho na Galeria do Instituto de Artes da UNESP

“CORPO INTERFACE”
Galeria de Arte do IA, de 2 a 7 de julho de 2012

Corpo e tecnologia dialogam no tempo e no espaço.
O corpo do público faz parte do corpo da obra.
Espaços sensíveis.

CORPO INTERFACE é uma mostra de arte que tem como característica a apresentação de obras interativas, ativadas pelo corpo do interator. Desta forma, a realização da obra só é dada a partir da relação estabelecida entre o sistema obra/interator, resultando em uma experiência sensível de descobertas e surpresas. A curadoria e organização da mostra são realizadas pelo Grupo de pesquisa cAt – IA/UNESP/CNPq, sob a coordenação dos Profs. Drs. Milton Sogabe e Fernando Fogliano.
Crack.op-$2 > André Damião
Crack.Var.-op.$1 é uma instalação interativa, em que um piano eletrônico é tocado através da movimentação do público que passa em sua frente. Conforme os interatores se aproximam do piano, uma câmera capta a movimentação dentro da sala e uma música única vai sendo criada e transformada a partir do corpo e movimento de quem interage com a obra.
Corpo-tele-corpo | 2012 > aGNuS VaLeNTe e Grupo Poéticas Híbridas
(criação coletiva com Wagner Cintra, Pedro Canola, Andrea Lucas, Bruno Maldegan, Cristina Rangel, Caio Ceragioli, Danielle Semple, Deni Dias, Guemera, Guilherme Conradi, Gustavo Bartolini, Jota Rafaelli, Juliana D’Avila, Otávio Fabro Ota, Pedro Cobra, Raíssa Persiani e Roberto Rodrigues de Oliveira)
A obra corpo-tele-corpo (2012) é um projeto de teleperformance que cria uma rede de interação dos performers com o público, num encontro de corpos em telepresença. As performances telepresenciais promovem uma hibridação interformativa cuja energia emana dos elementos gestuais, formativos e anímicos dos corpos, mediados por webcams e sistemas tecnológicos on-line, em busca do poético entre as extremidades das conexões telemáticas.
VideoSelf | 2008 > Nardo Germano
corpus autorável da série Autorretrato Coletivo (1987-)
VideoSelf (2008-) convida o visitante a criar um autorretrato videográfico, à luz de uma poética da autoria aberta como práxis artística de apropriação dos dispositivos interativos e participativos de produção das representações sociais: transfere-se a câmera de vídeo digital para os espect-autores que, mirando-se no visor frontal através do meu autorretrato acéfalo, compartilham sua identidade que integrará o corpus da série Autorretrato Coletivo (1987-), um repositório crítico , dialógico e polifônico para a [des]construção da identidade coletiva.

Organização
Grupo cAt
(grupo de pEsquisa ciência / ARTE / tecnologia – CNPq)
Adriano Vilela, Agnus Valente, André Damião Bandeira, Fábio Oliveira Nunes, Fernando Fogliano, Leopoldo Tauffenbach, Milton Sogabe, Rosângela Aparecida da Conceição e Soraya Braz
Projeto Gráfico: Agnus Valente
PPG Artes / Instituto de Artes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: